DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 02/06/2021

Imagem peregrina volta a PG esse ano

Nossa Senhora Aparecida ficará três dias no Santuário

 
A imagem peregrina retorna a Ponta Grossa, depois da ausência ano passado A imagem peregrina retorna a Ponta Grossa, depois da ausência ano passado | Crédito: Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa

Depois de ficar sem passar pela Diocese de Ponta Grossa em 2020, a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida visitará a cidade entre os dias 4, 5 e 6 deste mês. Cópia fiel da original que está no Santuário Nacional, a imagem será recepcionada, às 18 horas, de sexta-feira (4), na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Castro, de onde sairá em direção a Ponta Grossa. A missa de acolhida no Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida, na Paróquia São Sebastião, acontecerá às 20 horas. Esse ano, não haverá carreata e, no sábado, não haverá a tradicional procissão. Toda a programação será realizada dentro da igreja, obedecendo todos os protocolos de segurança.

 “A imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida retorna a Ponta Grossa para comemorar o oitavo ano do decreto do Santuário. Desde que ela começou vim, no ano das comemorações dos 50 anos da Rádio Sant’Ana, ela não deixou de vir mais. Todo o santo ano, essa época, ela comparece à cidade. Apenas ano passado, devido estar tudo fechado, que ela não compareceu”, explica padre Sandro Maciel Ferreira, reitor do Santuário e pároco da Paróquia São Sebastião. Da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Castro, será trazida a relíquia de São João Paulo II, que acompanhará a peregrinação da imagem da santa padroeira do Brasil, nos três dias. Ficarão expostas juntas o tempo todo. 

A imagem de Nossa Senhora Aparecida roda o Brasil todo. A santa começou sua peregrinação anual por Ponta Grossa em 2011. Esse é o nono ano da visita, já que, em 2020, ela precisou ser suspensa devido a pandemia. De acordo com o coordenador da Pastoral da Comunicação da paróquia/santuário, Toniel Basso, o diferente este ano é a volta da participação do povo, com a igreja aberta o dia todo para visita, oração e momentos de devoção. Além da exposição da relíquia de São João Paulo II. “Os preparativos estão todos encaminhados. Respeitando o distanciamento, as missas foram agendadas a mais para que, devido ao número limitado, possamos atender a todos os fieis”, informa o coordenador, lembrando que toda a programação terá transmissão pela página do santuário no Facebook. A igreja tem espaço para 180 pessoas. 

A expectativa, segundo Basso, é que venha um número expressivo de devotos, não só de Ponta Grossa, mas de toda a região. “Anunciamos nos 17 municípios da Diocese, mandando cartazes e impulsionado anúncio no Facebook. A vinda da imagem peregrina representa uma bênção, uma graça. Sendo santuário aqui se tem o mesmo valor para quem quer pagar uma promessa. Pode ir lá (na Basílica de Aparecida) ou vir aqui. Temos a mesma função. A vinda da imagem peregrina consolida a importância do santuário para Ponta Grossa”, acrescenta. A visita, na mesma data, tem a intenção de tornar a peregrinação algo constante e que sirva de referência para o santuário. 

Programação

No sábado (5), às 8 horas, será rezado o Santo Terço com as mulheres; `às 10 horas, acontecerá Santa Missa com as crianças e adolescentes da Catequese; às 15 horas, Santa Missa e benção dos doentes e idosos - quem quiser pode trazer remédios, fotos, objetos e roupas dos enfermos – às 19 horas, Santa Missa com a meditação das Sete Dores da Virgem Maria. 

Domingo, 7 horas, haverá missa. Às 8 horas, Santo Terço com os homens; às 10 horas, Santa Missa; às 15 horas, Santa Missa com consagração das famílias e, às 19 horas, Santa Missa de encerramento. A partir das11 horas, começa a entrega do kit churrasco. Os convites estão à venda na secretaria e podem ser adquiridos a R$ 60, inclusive no domingo, dependendo, claro, da disponibilidade. O kit é composto por alcatra, porção de maionese e de linguiça. No final de semana, serão oferecidos café cremoso, pastel, bolo, quentão, cachorro quente e haverá venda de flores.



  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Uma legião de Maria   |   Bênção dos veículos será neste domingo em Ponta Grossa   |   Carreata encerra dia da padroeira em Castro   |   Festa de Sant’Ana especial este ano   |  





Publicado em: 02/06/2021

Imagem peregrina volta a PG esse ano

Nossa Senhora Aparecida ficará três dias no Santuário

 

Depois de ficar sem passar pela Diocese de Ponta Grossa em 2020, a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida visitará a cidade entre os dias 4, 5 e 6 deste mês. Cópia fiel da original que está no Santuário Nacional, a imagem será recepcionada, às 18 horas, de sexta-feira (4), na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Castro, de onde sairá em direção a Ponta Grossa. A missa de acolhida no Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida, na Paróquia São Sebastião, acontecerá às 20 horas. Esse ano, não haverá carreata e, no sábado, não haverá a tradicional procissão. Toda a programação será realizada dentro da igreja, obedecendo todos os protocolos de segurança.

 “A imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida retorna a Ponta Grossa para comemorar o oitavo ano do decreto do Santuário. Desde que ela começou vim, no ano das comemorações dos 50 anos da Rádio Sant’Ana, ela não deixou de vir mais. Todo o santo ano, essa época, ela comparece à cidade. Apenas ano passado, devido estar tudo fechado, que ela não compareceu”, explica padre Sandro Maciel Ferreira, reitor do Santuário e pároco da Paróquia São Sebastião. Da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Castro, será trazida a relíquia de São João Paulo II, que acompanhará a peregrinação da imagem da santa padroeira do Brasil, nos três dias. Ficarão expostas juntas o tempo todo. 

A imagem de Nossa Senhora Aparecida roda o Brasil todo. A santa começou sua peregrinação anual por Ponta Grossa em 2011. Esse é o nono ano da visita, já que, em 2020, ela precisou ser suspensa devido a pandemia. De acordo com o coordenador da Pastoral da Comunicação da paróquia/santuário, Toniel Basso, o diferente este ano é a volta da participação do povo, com a igreja aberta o dia todo para visita, oração e momentos de devoção. Além da exposição da relíquia de São João Paulo II. “Os preparativos estão todos encaminhados. Respeitando o distanciamento, as missas foram agendadas a mais para que, devido ao número limitado, possamos atender a todos os fieis”, informa o coordenador, lembrando que toda a programação terá transmissão pela página do santuário no Facebook. A igreja tem espaço para 180 pessoas. 

A expectativa, segundo Basso, é que venha um número expressivo de devotos, não só de Ponta Grossa, mas de toda a região. “Anunciamos nos 17 municípios da Diocese, mandando cartazes e impulsionado anúncio no Facebook. A vinda da imagem peregrina representa uma bênção, uma graça. Sendo santuário aqui se tem o mesmo valor para quem quer pagar uma promessa. Pode ir lá (na Basílica de Aparecida) ou vir aqui. Temos a mesma função. A vinda da imagem peregrina consolida a importância do santuário para Ponta Grossa”, acrescenta. A visita, na mesma data, tem a intenção de tornar a peregrinação algo constante e que sirva de referência para o santuário. 

Programação

No sábado (5), às 8 horas, será rezado o Santo Terço com as mulheres; `às 10 horas, acontecerá Santa Missa com as crianças e adolescentes da Catequese; às 15 horas, Santa Missa e benção dos doentes e idosos - quem quiser pode trazer remédios, fotos, objetos e roupas dos enfermos – às 19 horas, Santa Missa com a meditação das Sete Dores da Virgem Maria. 

Domingo, 7 horas, haverá missa. Às 8 horas, Santo Terço com os homens; às 10 horas, Santa Missa; às 15 horas, Santa Missa com consagração das famílias e, às 19 horas, Santa Missa de encerramento. A partir das11 horas, começa a entrega do kit churrasco. Os convites estão à venda na secretaria e podem ser adquiridos a R$ 60, inclusive no domingo, dependendo, claro, da disponibilidade. O kit é composto por alcatra, porção de maionese e de linguiça. No final de semana, serão oferecidos café cremoso, pastel, bolo, quentão, cachorro quente e haverá venda de flores.



Diocede Ponta Grossa
A imagem peregrina retorna a Ponta Grossa, depois da ausência ano passado   |   Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Padre Sandro convida os devotos de toda a região para estarem com a Mãe   |   Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia