DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 11/04/2022

Bispo abre a Semana Santa na Catedral

Procissão e missas solenes abriram a programação

 
Dom Sergio acompanhou a procissão que veio da igreja do Rosário Dom Sergio acompanhou a procissão que veio da igreja do Rosário | Crédito: Luana Caroline Nascimento/PASCOM Catedral

O bispo Dom Sergio Arthur Braschi, padres Antônio Ivan de Campos, párocoda Catedral/Paróquia Sant’Ana, Alexandre Antônio Nogueira, pároco da NossaSenhora do Rosário e Mariano Venzo, também da paróquia do Rosário, além dodiácono Dyego Quadros, ministros e dezenas de fiéis acompanharam ontem (10) aprocissão de Ramos que saiu da igreja do Rosário e veio até a Catedral. DomSergio celebrou a missa solene que abriu a programação da Semana Santa naDiocese de Ponta Grossa.    “Estamos iniciando com a solene procissão e missa a semana maior do ano.Passada a fase mais forte da pandemia do Coronavírus sentimo-los felizes emencontrar em grande número de pessoas aqui na igreja-mãe, a Catedral, paracelebrarmos dignamente esses dias da Paixão, morte e sepultura e Ressurreição denosso senhor Jesus, nosso rei. Estamos também hoje com a coleta especial da Campanhada Fraternidade, encerrando este tempo de reflexão sobre a fraternidade e a educação.Minha saudação a todos os que trabalham na educação. Nós aprendemos com Jesus,pois como diz o lema da campanha, ele fala com sabedoria e ensina com amor”,ressaltou o bispo.    Dom Sergio orientou que, assim também nós devemos fazer. “Nesses temposdiferentes, tempos em que a formação de uma criança, como diz o provérbioafricano, necessita de ‘toda uma aldeia’. Não é apenas a escola que educa, mas afamília, o ambiente e, hoje em dia, são muitos os meios para que a pessoarealmente possa desenvolver os seus dons”, acrescentou.    Sobre o Evangelho da Paixão, o bispo lembrou ter sido proclamada a formamais breve. “A forma mais completa começa antes, durante a ceia e ali nós vemosos apóstolos discutindo entre si quem seria o que iria entregar Jesus. Elesestavam perplexos diante das palavras do mestre. E estavam discutindo entreeles quem deles era o maior. Então Jesus disse: aí, no mundo, as pessoas pisamnos outros, mas entre vós não deve ser assim. Entre vós aquele que quiser maiorfaça-se servidor. Vamos nós nesse contexto da Campanha da Fraternidade acompanharJesus em toda essa semana, que o povo brasileiro chama tão sabiamente de semanamaior”, enfatizou Dom Sergio.    “Eu os convido a celebrar presencialmente essa semana. Nos anos passados,estávamos em um pequenino número de pessoas, os que estavam servindo e os responsáveispela transmissão. Este ano, com os devidos cuidados, também eu celebro comvocês. Continuemos para que a saúde prevaleça e a educação cresça, pois Jesusfalou com sabedoria e com amor”, repetiu, referindo-se a liberdade de usar ounão a máscara e o respeito que cada um precisa ter consigo mesmo e com o irmão.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Enviado 1º conselho missionário da Diocese   |   Dia de São Francisco terá bênção de animais   |   Paróquias refletem sobre a Igreja em Missão   |   Assembleia fortalece a evangelização   |  





Publicado em: 11/04/2022

Bispo abre a Semana Santa na Catedral

Procissão e missas solenes abriram a programação

 

O bispo Dom Sergio Arthur Braschi, padres Antônio Ivan de Campos, párocoda Catedral/Paróquia Sant’Ana, Alexandre Antônio Nogueira, pároco da NossaSenhora do Rosário e Mariano Venzo, também da paróquia do Rosário, além dodiácono Dyego Quadros, ministros e dezenas de fiéis acompanharam ontem (10) aprocissão de Ramos que saiu da igreja do Rosário e veio até a Catedral. DomSergio celebrou a missa solene que abriu a programação da Semana Santa naDiocese de Ponta Grossa.    “Estamos iniciando com a solene procissão e missa a semana maior do ano.Passada a fase mais forte da pandemia do Coronavírus sentimo-los felizes emencontrar em grande número de pessoas aqui na igreja-mãe, a Catedral, paracelebrarmos dignamente esses dias da Paixão, morte e sepultura e Ressurreição denosso senhor Jesus, nosso rei. Estamos também hoje com a coleta especial da Campanhada Fraternidade, encerrando este tempo de reflexão sobre a fraternidade e a educação.Minha saudação a todos os que trabalham na educação. Nós aprendemos com Jesus,pois como diz o lema da campanha, ele fala com sabedoria e ensina com amor”,ressaltou o bispo.    Dom Sergio orientou que, assim também nós devemos fazer. “Nesses temposdiferentes, tempos em que a formação de uma criança, como diz o provérbioafricano, necessita de ‘toda uma aldeia’. Não é apenas a escola que educa, mas afamília, o ambiente e, hoje em dia, são muitos os meios para que a pessoarealmente possa desenvolver os seus dons”, acrescentou.    Sobre o Evangelho da Paixão, o bispo lembrou ter sido proclamada a formamais breve. “A forma mais completa começa antes, durante a ceia e ali nós vemosos apóstolos discutindo entre si quem seria o que iria entregar Jesus. Elesestavam perplexos diante das palavras do mestre. E estavam discutindo entreeles quem deles era o maior. Então Jesus disse: aí, no mundo, as pessoas pisamnos outros, mas entre vós não deve ser assim. Entre vós aquele que quiser maiorfaça-se servidor. Vamos nós nesse contexto da Campanha da Fraternidade acompanharJesus em toda essa semana, que o povo brasileiro chama tão sabiamente de semanamaior”, enfatizou Dom Sergio.    “Eu os convido a celebrar presencialmente essa semana. Nos anos passados,estávamos em um pequenino número de pessoas, os que estavam servindo e os responsáveispela transmissão. Este ano, com os devidos cuidados, também eu celebro comvocês. Continuemos para que a saúde prevaleça e a educação cresça, pois Jesusfalou com sabedoria e com amor”, repetiu, referindo-se a liberdade de usar ounão a máscara e o respeito que cada um precisa ter consigo mesmo e com o irmão.


Diocede Ponta Grossa
Dom Sergio acompanhou a procissão que veio da igreja do Rosário   |   Luana Caroline Nascimento/PASCOM Catedral

Diocede Ponta Grossa
Muita gente, depois de dois anos, acompanhou o cortejo até a Catedral   |   Luana Caroline Nascimento/PASCOM Catedral

Diocede Ponta Grossa
A procissão e missa solenes abriram a Semana Santa na igreja-mãe   |   Luana Caroline Nascimento/PASCOM Catedral

Diocede Ponta Grossa
Em Castro, padre Franco Allen Somensi conduziu a procissão na Paróquia São Judas Tadeu   |   Pascom Paróquia São Judas Tadeu

Diocede Ponta Grossa
Padre Luiz Mirkoski celebrou a Santa Missa de Ramos na Paróquia Nossa Senhora dos Remédios   |   Pascom Paróquia Nossa Senhora dos Remédios

Diocede Ponta Grossa
A procissão no entorno da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, na Vila Liane, com padre Claudemir Leal   |   Pascom Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro PG


Navegue até a sua Paróquia