DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 31/05/2022

Uma avaliação pra lá de positiva

Oficinas e lançamento de subsídio fecharam o encontro

 
Todos os participantes do encontro, na Igrejinha Todos os participantes do encontro, na Igrejinha | Crédito: AssCom Diocese de Ponta Grossa

     Para Gleidson Martins, 26 anos, agente da Pastoral da Comunicação da Paróquia São Francisco de Assis, a formação foi de grande interesse e de aprendizagem, ajudou com os conhecimentos a desenvolver enquanto Pascom. “Pela Comunicação levamos a evangelização às pessoas e vimos o quanto isso foi importante na pandemia. Foi através das transmissões pela internet que pudemos estar em comunidade, rezando”, comentou, citando que quatro dos 12 integrantes da Pastoral participaram. 


     Heloísa de Sousa Pietrowski, da Paróquia Menino Jesus, de Reserva, contou que o grupo faz as transmissões da missa, ajuda produzindo artes para divulgar eventos, avisos, os santos do dia nas redes sociais. “É muito importante nossa ação para sociedade. Muitos ainda participam on line, assim como muitos acompanham à distância na época da pandemia. Uma formação como essa acrescenta conhecimento para a pastoral e para a comunidade”, argumentou. Na paróquia, são 17 os agentes da pastoral.


     Segundo a coordenadora diocesana da Pastoral da Comunicação, Ivete Mazzure, o encontro foi considerado muito bom pelos participantes. “Pelos comentários, foi ótimo, tanto na organização, conteúdos, a dinâmica com que foi conduzido, a pontualidade....Também o assessor Marcus Tullius, muito preparado e acessível a todos, foi muito elogiado. Pasconeiros atentos, receptivos, animados, participativos, alguns com equipes uniformizadas. Um clima descontraído e, ao mesmo tempo, levando a coisa a sério. Agradecemos o empenho e apoio da Cúria, na pessoa de Dom Sergio, que também se fez presente no evento, dando sua palavra da animação e sempre apoiador da comunicação evangelizadora”, comentou Ivete.


     A coordenadora também agradeceu ao padre Mário Dwulatka, ecônomo diocesano, que custeou o investimento com a vinda do assessor nacional; ao padre Joel Nalepa, coordenador diocesano da Ação Evangelizadora, responsável pela ponte com os párocos, que garantiu a participação dos agentes da Comunicação das paróquias; aos doze apoiadores comerciais que ajudaram na cobertura dos custos, para que taxa fosse bem acessível e assim facilitar a participação dos pasconeiros. “Outra parceria importante na Diocese de Ponta Grossa é a estreita ligação e colaboração mútua, desde 2016, entre a Pascom Diocesana e a Assessoria de Comunicação, para quem a Pascom serve como filtro, no tocante às notícias”, ressaltou. Participaram representantes de paróquias, capelas, outras pastorais, movimentos, congregações religiosas, Arautos do Evangelho, Liga Católica, Irmãs Missionárias Servas do Espírito Santo, Setor Juventude, profissionais de rádio e da Editora Paulinas.


     Ao final do encontro foi entregue o ‘Ecoando a Fé’ nº 1’, subsídio mensal online, com formatação profissional para uso nas reuniões de equipes nas comunidades. Material era um anseio de anos, pedido nas reuniões setoriais, que servirá para estudo, formação e espiritualidade, garantiu a coordenadora. “O encontro superou minhas expectativas. Meu agradecimento a todos os envolvidos, de maneira especial à equipe diocesana da Pascom que se dedicou na organização e também a todos os pasconeiros que estiveram presentes, demonstrando o entusiasmo pela missão”, resumiu o assessor eclesiástico, padre Rodrigo Ribas. 


 


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Enviado 1º conselho missionário da Diocese   |   Dia de São Francisco terá bênção de animais   |   Paróquias refletem sobre a Igreja em Missão   |   Assembleia fortalece a evangelização   |  





Publicado em: 31/05/2022

Uma avaliação pra lá de positiva

Oficinas e lançamento de subsídio fecharam o encontro

 

     Para Gleidson Martins, 26 anos, agente da Pastoral da Comunicação da Paróquia São Francisco de Assis, a formação foi de grande interesse e de aprendizagem, ajudou com os conhecimentos a desenvolver enquanto Pascom. “Pela Comunicação levamos a evangelização às pessoas e vimos o quanto isso foi importante na pandemia. Foi através das transmissões pela internet que pudemos estar em comunidade, rezando”, comentou, citando que quatro dos 12 integrantes da Pastoral participaram. 


     Heloísa de Sousa Pietrowski, da Paróquia Menino Jesus, de Reserva, contou que o grupo faz as transmissões da missa, ajuda produzindo artes para divulgar eventos, avisos, os santos do dia nas redes sociais. “É muito importante nossa ação para sociedade. Muitos ainda participam on line, assim como muitos acompanham à distância na época da pandemia. Uma formação como essa acrescenta conhecimento para a pastoral e para a comunidade”, argumentou. Na paróquia, são 17 os agentes da pastoral.


     Segundo a coordenadora diocesana da Pastoral da Comunicação, Ivete Mazzure, o encontro foi considerado muito bom pelos participantes. “Pelos comentários, foi ótimo, tanto na organização, conteúdos, a dinâmica com que foi conduzido, a pontualidade....Também o assessor Marcus Tullius, muito preparado e acessível a todos, foi muito elogiado. Pasconeiros atentos, receptivos, animados, participativos, alguns com equipes uniformizadas. Um clima descontraído e, ao mesmo tempo, levando a coisa a sério. Agradecemos o empenho e apoio da Cúria, na pessoa de Dom Sergio, que também se fez presente no evento, dando sua palavra da animação e sempre apoiador da comunicação evangelizadora”, comentou Ivete.


     A coordenadora também agradeceu ao padre Mário Dwulatka, ecônomo diocesano, que custeou o investimento com a vinda do assessor nacional; ao padre Joel Nalepa, coordenador diocesano da Ação Evangelizadora, responsável pela ponte com os párocos, que garantiu a participação dos agentes da Comunicação das paróquias; aos doze apoiadores comerciais que ajudaram na cobertura dos custos, para que taxa fosse bem acessível e assim facilitar a participação dos pasconeiros. “Outra parceria importante na Diocese de Ponta Grossa é a estreita ligação e colaboração mútua, desde 2016, entre a Pascom Diocesana e a Assessoria de Comunicação, para quem a Pascom serve como filtro, no tocante às notícias”, ressaltou. Participaram representantes de paróquias, capelas, outras pastorais, movimentos, congregações religiosas, Arautos do Evangelho, Liga Católica, Irmãs Missionárias Servas do Espírito Santo, Setor Juventude, profissionais de rádio e da Editora Paulinas.


     Ao final do encontro foi entregue o ‘Ecoando a Fé’ nº 1’, subsídio mensal online, com formatação profissional para uso nas reuniões de equipes nas comunidades. Material era um anseio de anos, pedido nas reuniões setoriais, que servirá para estudo, formação e espiritualidade, garantiu a coordenadora. “O encontro superou minhas expectativas. Meu agradecimento a todos os envolvidos, de maneira especial à equipe diocesana da Pascom que se dedicou na organização e também a todos os pasconeiros que estiveram presentes, demonstrando o entusiasmo pela missão”, resumiu o assessor eclesiástico, padre Rodrigo Ribas. 


 


Diocede Ponta Grossa
Todos os participantes do encontro, na Igrejinha   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Animação e descontração no dia que foi também de formação   |   Pascom Diocesana

Diocede Ponta Grossa
À tarde, uma das oficinas falou de organização e planejamento   |   Pascom Diocesana

Diocede Ponta Grossa
Outra oficina ensinou os agentes a produzir artes   |   Pascom Diocesana

Diocede Ponta Grossa
Lucas Oliveira e Guilherme Lavino passaram seus conhecimentos no mundo do designer   |   Pascom Diocesana

Diocede Ponta Grossa
Padre Rodrigo celebrou a missa, no final da manhã   |   Pascom Diocesana


Navegue até a sua Paróquia