MATRIZ
PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA
Pároco:

Padre Ezequiel Hul


Horários de Missa
  • Quarta-feira 19h
  • Sábado 18h
  • Domingo 10h
Expediente Paroquial
  • Segunda-feira 8h - 12h/ 13h - 17h30
  • Terça-feira 8h - 12h
  • Quarta-feira 8h - 12h/ 13h - 17h30
  • Quinta-feira 8h - 12h/ 13h - 17h30
  • Sexta-feira 8h - 12h/ 13h - 17h30
  • Sábado 8h - 12h

Endereço
Padre Pedro Gavlak, 127
Irati - Vila São João


Contato
Telefone: (42) 3423 2971 WhatsApp: (42) 3423 2971
paroquiasjobatista@gmail.com
Facebook
Instagram

Histórico


BREVE HISTÓRICO:

A Comunidade São João Batista que nos primórdios pertencia a Paróquia Nossa Senhora da Luz, deixou de ser capela em 27de junho de 2010, passando a ser Paróquia São João Batista. Em sua forma atual, compreende a sede e 8 comunidades em seu espaço geográfico na área rural e urbana. Como descrito abaixo a oitava Capela São João Paulo II está sendo construída.

Abaixo um documentário criado pelo então seminarista Wilson Santos de Morais (hoje padre) em seu Ano pastoral de 2012.


Momento histórico em Irati, com a criação da Paróquia São João Batista


45ª paróquia da diocese é criada em Irati


Uma celebração Eucarística dia 27 de junho, às 10 horas, marcou a criação da Paróquia São João Batista, na Vila São João. A oficialização da criação da paróquia aconteceu no dia da festa do padroeiro São João Batista.

O bispo diocesano dom Sergio Arthur Braschi, que presidiu a celebração de instalação da nova paróquia e da posse de seu primeiro pároco, padre Pedro Gavlak, ressaltou que o crescimento da cidade de Irati e, consequentemente, do número de fiéis, foi um dos principais motivos que culminaram na criação desta que foi a 45ª paróquia da Diocese de Ponta Grossa e a 6ª do Setor 7.

Na homilia, Dom Sergio destacou a criação da nova paróquia dizendo “ser um sonho acalentado há muito tempo que tornava-se realidade”. O bispo também enfatizou a vida de São João Batista e agradeceu a todos que colaboraram para este importante momento da vida da igreja. Dom Sergio também lembrou os 30 anos de sacerdócio do padre Pedro Gavlak, que foram comemorados juntamente com a criação da paróquia.


Durante a bonita cerimônia de instalação, que foi concelebrada por vários sacerdotes da diocese e abrilhantada pelo coral Canta Irati, os participantes acompanharam a leitura do decreto de criação da nova paróquia e da posse de seu primeiro pároco. Em seguida, presenciaram a entrega de alguns objetos que simbolizam o trabalho do sacerdote: a chave da igreja, estola a Bíblia e a chave do Sacrário.


Agradecimentos

Emocionado, em seu pronunciamento padre Pedro Gavlak agradeceu ao bispo dom Sergio, pela criação da Paróquia São João Batista e também por confiar a ele a condução desta parcela do rebanho do Senhor. E continuou: “Somos gratos a todas as pessoas que desde o início trabalharam para a estruturação tanto física quanto espiritual desta comunidade. Lembrar com carinho a antiga comissão de construção desta capela que hoje se torna paróquia nas pessoas dos senhores Amadeu Ferreira e Adão Ribeiro e atualmente na pessoa do senhor Irineu Hlatki, atual coordenador do Conselho de Assuntos Econômico, e de todo Conselho de Pastoral na pessoa do Agostinho Basso, bem como agradecer todos os movimentos e pastorais que se envolvem com muito carinho pelo crescimento na fé de toda a comunidade. Agradecer a Diocese de Ponta Grossa por permitir a venda destes dois lotes aí ao lado da igreja, com os quais pudemos fazer a casa paroquial. Agradecer todos os que deram sua contribuição com material de construção bem como financeira para edificação da casa. Ainda agradecer todas as empresas e empresários, os construtores, as comunidades das capelas e a cada um em particular. Agradecer hoje em especial ao coral Canta Irati por abrilhantar nossa celebração, ao pessoal da liturgia, ministros, coroinhas, colegas sacerdotes e todos vocês que vieram para louvar e bendizer a Deus conosco, neste dia, por mais este cumprimento deste projeto de Deus. Muito obrigado a todos”.


Benção

Logo após a celebração Eucarística, dom Sergio e o padre Pedro descerraram a fita inaugural da casa paroquial, que foi construída graças a colaboração de muitas pessoas e das comunidades pertencentes à paróquia, bem como o auxílio de outras comunidades e ainda com a venda de dois lotes da Mitra. Em seguida, o bispo abençoou a casa paroquial.

Instalação

O trabalho de preparação da nova paróquia foi delegado ao padre Pedro, que desde o início de 2009 se empenhou nessa função e encontrou apoio da comunidade para a concretização da instalação da paróquia. “A comunidade se empenhou muito na criação da paróquia e na construção da casa paroquial”, avalia a pároco. Segundo ele, a nova paróquia já surge com um bom número de lideranças. Há 104 catequistas, 52 ministros da Eucaristia, 33 capelinhas só na igreja matriz e várias pastorais bem organizadas e atuantes, além de um bom número de lideranças.


A Paróquia São João Batista é resultado do desmembramento das Paróquias São Miguel e Nossa Senhora da Luz. 


Comunidade / Padroeiro (a) Localidade 

01 Matriz: São João Batista - Vila São João - Irati

02 Divino Espírito Santo - Lagoa

03 São Pedro e São Paulo - Vila Raquel

04 Nossa Senhora do Carmo - Fernando Gomes

05 Cristo Rei - Engenheiro Gutierrez

06 São Francisco - Pedra Preta

07 Nossa Senhora Aparecida - Monjolo

08 Santo Antônio - Riozinho

09 Nossa Senhora Aparecida - Vila Rural


    ∗ A atual capela que serve de matriz para a nova Paróquia é a terceira construção eclesial na Vila São João. A primeira igreja no local foi construída por volta de 1900, quando a vila ainda nem tinha esse nome. A segunda foi fundada em 24 de junho de 1954, com auxílio da comunidade e incentivo dos freis capuchinhos.  


Párocos

1º. Pároco:  Pe. Pedro Gavlak - 2009 até 2016

2º. Pároco:  Pe. Ezequiel Hul - 2016 (atual)


Diáconos Permanentes:

Diácono Agostinho Basso 


Pastorais e Movimentos:

Social;

Familiar;

Coroinhas e Acólitos;

Mensagerias;

Catequética;

Legião de Maria;

Apostolado da Oração;

Litúrgica;

Dízimo;

Criança (iníciando);

Missionários;

Pastoral de canto; 

MECEs.


MOVIMENTOS:

Marianos, Renovação Carismática Católica e Cursilho.

O Padroeiro
O Padroeiro
SÃO JOÃO BATISTA ( Por Dilva Frazão. Biblioteconomista e professora)

João Batista (2 a.C.-27), ou São João, foi um pregador judeu, segundo os evangelhos, era primo de Jesus e foi o responsável por seu batismo.
João Batista nasceu em Ein Kerem, na Judéia, ano 2 a.C. Segundo o Evangelho de São Lucas, João era filho do sacerdote Zacarias e de Isabel, descendente de Aarão, prima de Maria, que viria a ser a mãe de Jesus. “Não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e os dois já eram de idade avançada” (Lucas 1, 7)
Segundo Lucas, o nascimento de João foi anunciado pelo anjo Gabriel, enviado por Deus. "Certa ocasião, Zacarias fazia o serviço religioso no Templo". "Então apareceu um anjo do Senhor". "O anjo disse: Não tenha medo, Deus ouviu seu pedido, e sua esposa vai ter um filho e você lhe dará o nome de João". (Lucas 1, 8-11-13).

Isabel deu à luz a um filho, e como era prática entre os judeus, no oitavo dia João passou pela cerimônia da circuncisão. A sua educação foi influenciada pelas ações religiosas do templo, onde o seu pai era sacerdote e a sua mãe pertencia a uma sociedade chamada “Filhas de Aarão”. “O menino ia crescendo, e ficando forte de espírito”. Se tornou um líder popular que reunia em torno de si um grande número de pessoas.

Pregações de João no deserto
João Batista iniciou a sua vida de pregação no deserto da Judéia. Viveu como um nômade pregando palavras de arrependimento e transformação. Quando começou, os judeus estavam esperando o Messias, que iria libertá-los da miséria e da dominação estrangeira. João anunciava que a chegada do Messias estava próxima e pedia a adesão do povo, selando-a com o batismo. As autoridades mandam investigar se João pretendia ser ele o Messias, mas João nega.
Segundo Mateus, João dizia: “Converta-se, porque o Reino do Céu está próximo”. “João foi anunciado pelo profeta Isaías, que disse”: “Esta é a voz daquele que grita no deserto: Preparem o caminho do Senhor, endireitem suas estradas!” João usava roupa feita de pelos de camelo, e cinto de couro na cintura, comia gafanhotos e mel silvestre”. “Os moradores de Jerusalém, de toda a Judéia e de todos os lugares em volta do rio Jordão, iam ao encontro de João”. “Confessavam os próprios pecados e João os batizava no rio Jordão”. (Mateus 3, 2-3-4-5-6).

Batismo de Jesus Cristo
Jesus foi da Galileia para o rio Jordão, a fim de se encontrar com João, e ser batizado por ele. Mas João procurava impedi-lo, dizendo: “Sou eu que devo ser batizado por ti, e tu vens a mim?” Jesus, porém, lhe respondeu: “Por enquanto deixe como está! Porque devemos cumprir toda a justiça”. E João concordou.
Depois de ser batizado, Jesus logo saiu da água. Então o céu se abriu, e Jesus viu o Espírito de Deus, descendo como uma pomba e pousando sobre ele. E do céu veio uma voz, dizendo: “Este é o meu filho amado, que muito me agrada”. (Mateus 3, 13-14-15-16).
Prisão e morte de João Batista
A prisão de João Batista ocorreu na Galileia a mando do governador Herodes, que disse a seus oficiais: “Ele é João Batista, que ressuscitou dos mortos. É por isso que os poderes agem nesse homem”. “De fato, Herodes tinha mandado prender João, amarrá-lo e coloca-lo na prisão”. “Fez isso por causa de Herodíades, a mulher do seu irmão”. Porque João dizia a Herodes: “Não é permitido você se casar com ela”. (Mateus 14, 2-3-4)

ORAÇÃO

Glorioso São João Batista, príncipe dos profetas, precursor de Jesus, primogênito da graça do Redentor, fostes grande diante do Senhor.
Por vossas admiráveis virtudes, alcançai-nos de Jesus a graça de amá-lo e servi-lo até a morte, com extremo afeto e dedicação.
Alcançai-nos profunda devoção à Virgem Maria. Ela saiu apressadamente para visitar a vossa mãe, Isabel. Foi quando a presença de Jesus, ainda no ventre de Maria, vos libertou do pecado original e vos encheu com os dons do Espírito Santo. A vossa grande bondade e poderoso auxílio nos ajudem a amar sempre mais a Jesus, para um dia estarmos convosco na eternidade.
Amém!
 
 
Dúvidas, críticas ou sugestões?
Nome
 
E-mail
Telefone
 
Mensagem
 
 

Copyright © Diocese de Ponta Grossa 2024. Direitos reservados.
Navegando você está de acordo com a nossa política de privacidade.

Desenvolvido com amor Agência Arcanjo